Últimas Imagens

quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

CAIO CESAR PELA ARGENTINA

Nas últimas de dezembro o nosso Caio Cesar tomou o caminho para Buenos Aires, onde em dado dia foi recepcionado pelos grandes parceiros Scooteristas Marginales. E ele conta aqui...


Bom Galera, chegando ao fim de uma trip que me deixou  satisfeito e acrescentou muito. Começo aqui meu relato. Final do ano, ano esse que deu o que falar heim! Depois de ter passado por tantas decepções pessoais, decidi que deveria fugir um pouco de tudo isso. Para onde ir? Não sabia. Passagens em  cima da hora que estavam caríssimas. Decidi ir para a Argentina, de ônibus, quase 3 dias de viagem, de uma maneira bem roots onde conheci amigos que serão pra vida toda e que me acompanharam durante toda a estadia em Buenos Aires. Mas vamos lá , o assunto aqui é motonetas clássicassss! Pois bem. Assim que pisei em solo argentino entrei em contato com o queridíssimo  Ariel Molfino, membro do clube Scooteristas Marginales,  que já estava sabendo da minha visita, pois havia recebido boas recomendações vindas do nosso Presidente Marcio Fidelis.  Ariel muito simpático disse que me pegaria na frente do hostel  no dia 26, às 11:30. Também entrei  em contato com Joaquim da Fonseca, integrante do clube RVA que marcou comigo numa pizzaria afim de fazermos um festejo.

Fui a loja de peças para motonetas, a famosa Macaferri. Conhecer e comprar amortecedores para o nosso amigo Tatu. Porém a missão foi abortada, pois com a alta do dólar, seria inviável para o bolso do nosso amigo. Conversei também com um  Mod, amigo do Tatu que me indicou a casa Cultura Del Barrio, um clube para ouvir uma boa música. Dia 26, às 11hrs estou eu na frente do hostel com a terceira  Quilmes do dia na mão, um calor que realmente  pedia uma cerveja gelada, hehe, quando de repente ouço aquele barulho familiar, era nosso hermano Pascual D'Abarno de Scooteristas Marginales, que chegou e me cumprimentou com um caloroso abraço e aquele beijo no rosto, que num primeiro momento assusta os brasileiros hehe,  porém é um costume entre os argentinos. Logo atrás vinham Ariel Molfino, Fernando que era  o novato da turma e Chucu um cara palhaço, gente boa que já  chegou tirando  um sarro hehe. Montei na garupa do Chucu e partimos para uma tour pela cidade. Motonetas impecáveis com um barulho lindo, muita fumaça e chamado a atenção de todos. Passamos em El Barrio de La Boca Juniors, paramos na frente do La Bonbonera para tirarmos fotos, passamos pelo Caminito. Logo paramos na reserva ecológica, onde comemos, bebemos, conversamos  e trocamos presentes. As Motorinos, fanzine produzida por Marcio Fidelis fez sucesso entre a galera. Todos muito amáveis mandaram abraços para a galera de SP. Durante a comemoração chegou o Carlos Carliston, também outro cara super simpático, que ficou por pouco tempo. Em seguida saímos e passamos por Palermo, Recoleta , centro de Buenos Aires, paramos na frente da loja da Piaggio, onde tiramos fotos e nos despedimos do Pascual D'Abarno. E fomos  direção ao hostel, onde me despedi do Ariel, Fernando e Chucu.


Esse dia não se apagará da minha memória tão fácil. Fiz amigos incríveis que não mediram esforços para me recepcionar. Foi sensacional. Infelizmente não foi possível o encontro com o pessoal da RVA, devido a desencontros na noite marcada. Porém combinamos de marcar um outro encontro no dia em que eu retornar à cidade. Hoje dia 30 estou no Aeroporto esperando meu vôo, fazendo este relato, deveras satisfeito por tudo que aconteceu nessas férias e em especial pelas amizades dois-tempistas que fiz e o rolê de vespa pela cidade. Aguardo estes amigos em São Paulo. Serão muito bem recepcionados também.Enfim, amanhã é o último dia do ano e estarei em São Paulo novamente rodando com minha motoneta pelas ruas da cidade.
Abraços.
Caio César 
Scooteria Paulista

Nenhum comentário: