Últimas Imagens

quinta-feira, 2 de abril de 2015

DOS HERMANOS E A S.P.

Durante o carnaval de 2015 a cena nacional recebeu alguns visitantes argentinos e paraguaios no grande Encontro de Tapejara. Dois deles foram além. Amigos de outros carnavais, os vespistas de Córdoba, Nano Aliaga e Christián Orellano, decidiram, de sopetão, acompanhar-nos na volta para São Paulo e passar uns dias com a gente. Essa aventura não é para qualquer entusiasta. Vale a pena o registro e o reconhecimento pela bravura dos grandes hermanos.


A viagem da dupla conosco pra Grande São Paulo começou na terça-feira cedo e findou na Quarta-feira de Cinzas, quase virando abóboras, conforme narrada AQUI.



Na sexta-feira foram até a Free Willy para reparos na Vespa do Nano. Era um problema na campana da embreagem, o que o impediria de voltar rodando. Reginaldo e Diogo bem que tentaram mas não acharam a peça similar entre seus contatos mais imediatos (a embreagem da PX150/Originale150), tendo de improvisar. E o improviso deu certo, e já adianto que os rapazes voltaram pra casa com sucesso.

No domingo a tarde fizemos uma festa combo: a recepção dos argentinos, dos membros da SP que foram ao Encontro Nacional em Tapejara, e o aniversário da Rose Moreira. Foi top 5 da história da nossa Sede. Vieram muitos amigos, da capital, ABC, Taboão, Santos e Suzano. Nano chegava com um enorme lustre de maluco de presente criado a partir de outras lâmpadas. Christián estava admirado com nosso pequeno porém familiar espaço social. Ter uma Sede própria, independente (da casa de alguém), com o acervo e a identidade do clube, é para poucos. Demanda gastos, prazos e algum esforço para mantê-la, o que desanima a muitos clubes de tentarem.


Nessa tarde de "parabéns pra você" recebemos então os membros Marcio Fidelis e Debbie, Raphael Favero, Leo Russo, Rafa Assef e Fernanda com o filhote Otto, Sr.Artur Biscaia, Everton Mendes, Diogo Reis, Reginaldo Silva e Rose, Vitor Hugo, Gustavo Delacorte, Fabio Much, João Macruz, Diego Pontes e Cintia. Também recebemos a ilustre visita dos dois-tempistas André Lopes e Alessandra, Deni Roque, Mauro Dominguez, e Paulo "DeVito" e Eliseu Beneti. Relembrando que o Christián Orellano trazia a sua Vespa, e Nano Aliaga outra vez chegava em nossa casa com sua Vespa Originale 150 e a namorada Ana Clara. E de tão bom que foi registramos também a presença dos visitantes: Evlym e filhas,  Hugo Nogueira, Elisete Carillo, Guadalupe e o chileno Jorge "Bootboys" Ramos. No meio da tarde os hermanos partiram com o Assef e família para conhecer a Scooterboys, na Mooca mesmo. E dá-lhe breja.

Segunda-feira nublada, e os hermanos passaram na Free Willy para um abraço final. Muchiba, Favero, Reginaldo, Rose, Diogo e Dino esperavam por lá. Naquela garoa fina eles seguiram para a Vila Mariana, de onde partiriam pra viagem bem cedo. Na terça-feira as 9h já estavam em Santos, para um café da manhã com Delacorte e Luca Perucchi no Empório Motoneta. Foi uma visita rápida, para um abraço entre amigos de estrada. 

E ficamos aqui com as palavras de Nano e Christián:
"Em SP a gente visitou namorada, família e amigos. Foram 5 dias de encontros, festa e carinho. Fomos pro Carnaval de rua pra asistir o show se Alceu Valenca. Fomos pra a Free Willy pra cumprimentar amigos que já tinhamos encontrado em Tapejara, no encontro Inter-Nacional de Lambrettas e Vespas; aí o Reginaldo, a Rose, o Diogo, e o Anderson, deram uma força na minha vespinha que estava maluca, e como sempre, recebendo presentes deles. Gente boa heim? Também visitamos mais uma vez a Sede de Scooteria Paulista, que estava de niver da Rose, e que recebeu a gente, os viajeiros, com um churrascão; não só os Argentinos, mas também aos quatro Guerreiros de SP que compartilharam o seu regresso a casa com a gente. Uma turma que foi só companhia: "JUNTOS E JUNTOS" foi a frase que levou a gente em 6 Vespas de Tapejara a SP dando risadas e abraços. E por último a gente visitou o China e a Leika, dois grandes amigos que Christian tinha muita vontade de conhecer porque gosta muito do seus projetos em motonetas. Bebimos mais algumas, trocamos ideias e recebemos mais presentes ainda. Turma muito legal". (Nano Aliaga)

Um comentário:

Anônimo disse...

Festa incrível, pessoas se divertindo, boa bebida e comida, excelente música! Tinha até bolo de chocolate com cobertura de mousse de chocolate! Quer mais?
bacio