Últimas Imagens

sábado, 11 de agosto de 2012

Da Expedição Paulista à MG (Parte 3: Exposição no V Poços Classic Car

Estacionamos nossas motonetas por volta das 13h30 num dos (quase) cotovelos do evento. O evento aconteceu na praça do Hotel Palace, um local cheio de histórias e lendas dos tempos de luxúria da cidade. Era o V Poços Classic Car, encontro de antigos que angariou forte expressão nacional.


Chegada da Scooteria no V Poços Classic Car


A maioria saiu à procura de um bom prato mineiro, enquanto o restante ficou pela praça ou pela exposição das scooters. A frota mineira liderada pelo Poços Scooter Club era composta ali de oito peças, incluindo um triciclo local da Bajaj, apelidado aqui de “Tuk Tuk” (...). Dos paulistas,a Scooteria expunha 17 exclusividades da crew. Tatu fazia ali a divulgação do segundo Desafio de Motonetas (evento que acontecerá em Paulínia no dia 17), e a divulgação massiva do Motonetas Clássicas Campinas, trazendo junto em rodagem rodoviária uma inédita Lambretta MS com Mauro Highlander no asfalto. As PX200 como de costume, dava mais peso ao cenário, nas sombras das árvores com modelos históricos: Vespa Super 150, Lambrettas Standard D, Li, LD e MS. Modelos raríssimos também pintavam por lá, como a Iso, uma scooter italiana do final da década de 50. Se passava uma bela de uma tarde de inverno colorido ali em Poços. Haviam outros veículos também, motocicletas contemporâneas, Speeds e aquela rapaziada dos coletes de couro. A 300 metros dali num grande palco tocava os conjuntos rockers The Mullet Monster Máfia e Fabulous Bandits.



Koré seguiu com uma parte da turma até o Hotel Reis, localizado a um quarteirão do evento. Fizeram o check-in e então dividiram pelos aposentos. No quarto das meninas estavam a Alessandra, Valery, Claudia e a scooterista Luciana Silva. Pelos outros se espalharam os nomes em equipes: seu Artur, John Silva e Fidelis + Raphael Favero, Tatu, Uitamar e o Fernando Correia + Alex Aparecido, Mauro etc - a confirmar. Feito isso, Koré voltou.

Na praça pernoitaria duas delas, além das pratas da casa, todas sob os olhares dos vigias. As outras motonetas foram todas para o hotel.

John Silva (COL/EQU) e Alex Aparecido

Pelas 19h ou 20h descíamos para o jantar servido pelo hotel, cortesias do Clube do Automóvel Antigo de Poços de Caldas pra gente. E foi um daqueles poucos momentos que se viu o Uitamar quieto: o Mestrinelli tocando piano. Que classe! E entre uma e outra alguém ali acompanhava baixinho trechos de Tonico e Tinoco, Raulzito e outros. Nessa noite Emerson arriscou até um Carlos Gomes - compositor brasileiro de música erudita. Foi aí que o seu Artur, com seus 79 anos de vida nos disse: “há coisas na vida que a gente nunca mais se esquece, e daqui a trinta anos vocês vão lembrar desse momento”. Tocante, essa fora talvez a frase da Expedição. No quarto do hotel seu Artur contaria mais tarde longas histórias sobre a Vila de São Paulo, Poços de Caldas e do seu passado de pugilista amador. John Silva ouvia a tudo atentamente, e ambos prosearam por horas sentados na cama.


A noite a turma se reuniu num bar diante do Hotel Palace, na Rua Minas Gerais (“quem te conhece não te esquece jamais”). Ali Leo Russo e a Claudia, Raphael Favero, Emerson Mestrinelli e Alessandra, Fernando Correia, Marcio Fidelis, Alex Aparecido, Tatu Albertini, Marcelo Santana e a Valery, Flavio Barbie e o Koré com a Cris Yummi. Aos litros de cevada a noite se prolongava. A população local andava pelos caminhos da praça, entre paqueras e balbúrdias, eram adolescentes, namorando no escuro ou ouvindo alto qualquer música pentelha. No Hotel Palace iria rolar um grande Baile dos Anos 60, e o espaço recebia seu público a caráter. Koré, Cris e Tatu entraram pra festança. O restante da tropa foi pro hotel depois de algumas cervejas a mais. A gente não encontra fotos desses momentos. Mais depoimentos:

"Caros amigos da Scooteria, graças a deus cheguei bem em casa e pelo visto vocês também. Cheguei por volta das 17h e tive tempo de sobra para um bom descanso para mais um dia de trabalho. Espero que a Vespa 150 Super e seu piloto tenham chegado bem. Foi um belo final de semana que será inesquecível. O Emerson abafou com seu show de piano, por esta ninguém esperava a bagunça no quarto nm se fala. Foi um prazer estar com os velhos amigos (em todos os sentidos) e conhecer novos (e velhos) amigos. Que compartilham a mesma paixão por motonetas. Foi também um prazer se útil na manutenção das máquina para chegarem em seu destino. Um abraço a todos tenham uma boa semana". 

(Uitamar Bandeira, Vespa Super "Super 200", Americana - SP).

Um comentário:

Scooteria Paulista disse...

Fotos do casal Barenco

http://www.maxicar.com.br