Últimas Imagens

quinta-feira, 7 de junho de 2012

SP EM 2T - Parte 5 (Troféus e Certificados de Performance)

O SP EM 2T  é um evento todo especial, é quando nos reunimos para celebrar a SP e os méritos individuais. 


A primeira edição do SP EM 2T aconteceu em São Paulo, em junho de 2011, no Caos, uma loja/bar da Rua Augusta. Reunimos 35 motonetas e contemplamos quatro scooteristas pelos seus méritos em categorias diferentes. O evento foi especial e abriu nossos horizontes. Após a premiação conversei bastante com amigos, e ouvi muitas opiniões divergentes a respeito dos critérios de avaliação. E em vista disso senti a necessidade de otimizar o SP EM 2T, modificando os critérios de uma categoria - a Alta Quilometragem mudou de nome para Alta Performance, com o segundo e o terceiro lugar premiados -, e criando outras quatro categorias: Custom, Lifestyle, Honra Ao Mérito e Scooter City. 356 dias depois o SP EM 2T de São José dos Campos foi maravilhoso em diversos aspectos, a começar pelos visitantes: 12 cidades, 45 motonetas, um dia todo longe de casa.

CERTIFICADOS DE PERFORMANCE

Todos os scooteristas que participaram de algum encontro da gente e manteve contato conosco, tiveram e terão o seu certificado relativo ao Ano 2 da SP, que compreende o período de 21 de abril de 2011 à 21 de abril de 2012. Os certificados foram feitos individualmente, conforme a performance de cada um. No papel contém a marca d'água do finado lambrettista joseense Felipe Wasser e seu amigo numa Lambretta LI. Os 20 primeiros colocados no ranking da Scooteria durante o ano 2 tiveram sua colocação revelada no mini-prato do papel (canto inferior esquerdo), e esse ranking é uma soma dos fatores e feitos abaixo:

1. O primeiro deles é a presença do piloto e da motoneta em: eventos da Scooteria (em vermelho no papel), eventos de motonetas apoiados pela SP, e eventos gerais que visitamos pelo prazer da viagem ou para contemplar algum membro do grupo que lá estará por algum motivo.
2. O segundo fator é a idade da motoneta, as que possuem mais de trinta anos, motor original, pontuam uma quantia nos eventos da Scooteria, e meia quantia nos eventos dos quais visitamos/apoiamos. Motoneta de época com motor mais novo adaptado também pontuam, menos, mas pontuam, como por exemplo a Vespa Super com motor de PX200, etc. Para o ano 3 da Scooteria daremos mais peso à pontuação dos motores  2 Tempos.
3. Participações em reportagens da Scooteria têm menos peso, mas também pesam.
4. Quilometragens percorridas na programação de cada evento.
5. Quilometragem percorrida da sua casa até a concentração geral do evento com a motoneta rebocada no carro contam 1/6 de peso por km rodado.
6. Cada Estado do Brasil visitado com a sua motoneta representando a Scooteria Paulista soma por exemplo 100 pesos.
Certificado de Luis Koré
7. Rebocadas contam!
8. Viagens internacionais em caráter representativo da SP pesam, e mais ainda quando pilotam motoneta em outro país.
9. Participações em reuniões extra-oficiais e administrativas da Scooteria também pesam, com motoneta e sem motoneta.
10. E por fim, as colaborações, as doações e ajudas individuais são contabilizadas, pois é de suma importância para o mantenimento e/ou a expansão da SP.

Nesse SP em 2T (temporada 2011-2012), trinta e três scooteristas receberam seus certificados. Treze deles ergueram o troféu. E todos foram reverenciados, numa mútua manifestação de apoio e benemérito, que no sentido literal da palavra corresponde ao "sujeito digno de honras, recompensas e aplausos por serviços importantes ou por procedimento notável". Vamos agora aos Troféus...

TROFÉU SP EM 2T

ALTA PERFORMANCE ( Lugar) --> FLAVIO BARBIE

Esse sujeito apareceu no início de 2011 nos giros da SP, tendo vindo por diversas vezes sozinho de Campinas com sua PX200. O sempre discreto Flavio Barbie se mostrou amigo e se tornou muito querido pela classe. Sua soma bateu a exclusiva casa dos 6 mil pontos, tendo participado de 11 das 16 convocações da SP, de reuniões extra-oficiais anunciadas no Blog e Twitter, e colaborado com projetos da SP. Fez jus ao nosso procedimento, levou a Vespa para a estrada e se enturmou na cena. 


ALTA PERFORMANCE (2º Lugar) --> FABIO MUCH

Fabio Much é um sujeito "normal". Muitas vezes confundido com o Chico Xavier, nosso amigo do subúrbio da Z/L de São Paulo é um dos fundadores da Scooteria, e no segundo ano do grupo ele partiu pro arrebento, participando de 10 das 17 convocações oficiais, dentre elas o Dia Del Scooter Clásico #3, o maior encontro sul-americano do ano de 2011, que aconteceu em Buenos Aires, Argentina. Much também compareceu em quase todas as reuniões extra-oficiais na capital, e até mesmo em São José dos Campos. Segunda colocação com méritos de vencedor, chegando próximo da casa dos 6 mil pontos.


ALTA PERFORMANCE (3ºLugar) --> AURÉLIO MARTIMBIANCO

Nosso amigo é de São Bernardo do Campo. Desde que começou a rodar conosco (na Noite da Motoneta), vestiu a camisa e foi pra pista. Aurélio nesse período trouxe duas PX200 (vermelha e laranja) para a banca, e também serviu ao Grupo com o seu tino fotográfico. E a soma de todas as suas qualidades aplicadas resultaram num alto grau de performance lhe conferiu o terceiro mérito.


OLD SCOOTER--> LEO RUSSO - VESPA SUPER 150 1978

Nosso amigo Leonardo Russo, o Brutus, surpreendeu muita gente com sua Super 150 de motor original. Russo  vestiu a camisa da SP, e manteve regularidade nos encontros, passeios e reportagens da Scooteria, sempre com sua Vespa do platinado que não gruda. Enfrentou altas quilometragens dentro do Estado, e participou de algumas reuniões extra-oficiais. Devido ao fato de ter sido disparado o premiado do troféu Old Scooter (em alta performance), automaticamente Leonardo Russo não disputou posição no ranking Alta Performance. Com muito orgulho o amigo paulistano levou o troféu do qual ajudou a confeccionar.


CUSTOM --> MARCELO CHINA - VESPA ORIGINALE 150 "BELLA RAGAZZA"

Conhecido na praça simplesmente como China, o Scooterboy precursor da cultura inglesa e californiana nas motonetas paulistas e brasileiras desde o final dos anos 90 é um dos fundadores da Scooteria Paulista. Sua Vespa Originale 150 acompanha a nossa história desde o pré-começo, dos papos da turma na Vila Formosa (Z/L de São Paulo), e além dar o peso da personalidade ao grupo ela esteve presente em todos os encontros "autorais" e reportagens da SP durante o nosso segundo ano. A Bella Ragazza (apelido dela) é única no Brasil, e apresenta com fidelidade a essência da cultura Scooterboy.


CUSTOM --> UITAMAR BANDEIRA - VESPA SUPER "SUPER 200"

Esse é um sujeito que não passa desapercebido. Seja pelo seu colete da Hemig, seja pelas luzes ou buzinas da sua Vespa, ou pelo seu comportamento. Uitamar Bandeira é scooterista desde os anos 80, teve diversos modelos de motonetas, mas certamente nenhuma é passível de comparação com a sua Super "Super 200". Esse prêmio era dele desde o ano 1 da Scooteria, mas como a nossa receita era extremamente curta na ocasião, adiamos os méritos estéticos para o futuro. A Vespa, mezzo inglesa, mezzo moto-clube, se tornou símbolo de diversão nos encontros. Pela combinação e originalidade, ela leva pra Americana o troféu Custom.


LIFESTYLE --> WALTER MARIANO "VESPAPARAZZI"

O nome Vespa é parte do seu, ele é o Vespaparazzi, disparado o scooterista mais famoso do Brasil. Walter está conosco desde 2010, quando nos reunimos extra-oficialmente pela primeira vez no Jukebox Bar, em São José dos Campos. Sempre acompanhado do seu fiel escudeiro Eder Luiz, passa seus finais de semana rodando pelas estradas do Vale do Paraíba fotografando todo tipo de motociclista e proprietário de carros especiais e antigos em giro. Você saberá que está sendo fotografado por um paparazzi escondido quando encontrar uma Vespa verde militar no acostamento. Então é só procurar no site do Vespaparazzi.com.br a sua foto e comprá-la diretamente com o nosso amigo. Além de ferramenta de trabalho, a Vespa é o seu estilo de vida, lifestyle. Presente em diversos encontros e convocações da Scooteria, a duas décadas Walter representa e dá o exemplo do que é viver em grupo.


S.O.S. (SAVING OUR SCOOTERS) --> FREE WILLY MOTO PEÇAS

Essa foi, em dois anos, a primeira homenagem que fazemos à alguma empresa constituída. Conhecida de todos e reconhecida por muitos, a equipe Free Willy, que há muitos anos estimula encontros dessa natureza, durante o segundo ano da SP colaborou em diversos aspectos conosco. Os principais agentes dessa força toda foram o Reginaldo Silva e a Rosemeire Moreira, proprietários da loja. E é preciso lembrar também do mecânico Pretinho, pau pra toda obra nas questões mecânicas. Obrigado à paulistana Free Willy Moto Peças pela confiança e investimento em nossos projetos, pelo respeito e reciprocidade.


S.O.S. (SAVING OUR SCOOTERS) --> NAZA MOTO PEÇAS (PR)

Durante a minha viagem (In Vespa Fidelis) rumo ao Dia Del Scooter Clásico #3 em Buenos Aires (AR) minha Vespa Originale 150 acusou um problema grave, que me obrigava a interromper a viagem. Isso aconteceu em Fazenda Rio Grande (região metropolitana de Curitiba, PR, em dezembro de 2011). Muitos acompanharam essa história através do nosso blog (e do site Moto Esporte), e souberam do nível do meu problema. Minha Vespa quebrou na porta da oficina/loja de motos populares Naza Moto Peças, e ali, depois de muitas tentativas minhas de ressuscitar o motorino, a dupla da Naza, Felipe (proprietário) e Fernando (funcionário na época) se dispuseram a me dar uma força voluntária. Foram quase dois dias de trabalho para que finalmente meu sonho (e o de muitos de nós) voltasse à condição de ser realizado. E eu voltei pra estrada rumo ao sul da América, e com sucesso. Eles deram o sangue para que esse projeto internacional se concretizasse, e agora merecidamente está embalado o troféu da oficina, que será entregue em mãos na próxima viagem ao Paraná. Gratidões e longa vida.


DEL VECCHIO --> LUIZ DE CASTRO

O seu Luiz é daqueles velhinhos surpreendentes, que quando menos se espera pinta num passeio com sua esposa na garupa. É um dos vespistas mais antigos do Brasil, e hoje com 81 anos de idade ainda pilota a sua PX200 preta, tendo interrompido sua participação em nossos giros e encontros por causa do seu tratamento contra o câncer. Oramos e torcemos para que em breve ele volte, e assim que tivermos um encontro na capital, o troféu Del Vecchio (homenagem anual a algum veterano da classe) lhe será entregue em mãos, diante do reconhecimento do Grupo. Seu troféu está guardado na Sede da SP, e provavelmente prestaremos-lhe essa homenagem no dia 9 de Julho, quando organizaremos o nosso primeiro SP Scooterfest, no Caos, em São Paulo. Muita força e boas energias ao seu Luiz de Castro!!!!

HONRA AO MÉRITO --> ANIMAL TAYLOR

Nesse ano o jovem amigo voltou com tudo pro universo scooterista, vestiu a camisa e foi pras ruas e rodovias como nos velhos tempos fazia. Esse troféu é uma forma de reconhecimento e valorização do amigo Animal Taylor pela sua inspiradora viagem ao Paraguai. Animal passou meses fora de casa, ele e sua Vespa PX200, e quando voltou preparou um vídeo que inspirou muita gente, e que já foi indicado aqui em abril desse ano. Deus abençoe essa bagunça!



SCOOTER CITY --> SÃO JOSÉ DOS CAMPOS

São José dos Campos teve grandes momentos de glória em motoneta. Em 1959 foi realizado lá a primeira gincana de Lambrettas da cidade. Quatro ou cinco anos depois um grupo expressivo de lambrettistas e vespistas locais rodou até Brazópolis (sul de MG), representando os paulistas numa celebração religiosa. Durante os anos 70 o nosso amigo Carlos Guerreiro e seu primo Erlande viveriam épicas sagas em Lambrettas. Dos anos 80 ouvi histórias do mecânico Paulo da Paraibuna mas ainda aguardo por registros dos antigos. Em 2010 criamos o costume de nos reunirmos extra-oficialmente toda quarta-feira (ou quinta) a noite no Jukebox Bar, na zona sul da cidade, o Carlos Guerreiro, o Maurício Casotti e eu. Quando deixei a cidade de volta à capital a turma local manteve o hábito. Nossos encontros noturnos contava quase sempre com o Guerreiro, Casotti, Bleiner, Belchior, Doroil, Luiz Verdelli, Vespaparazzi, Edgar e Eder (e o distante viajante João Batista). E por essa soma de fatores, ela foi eleita a cicerone do SP EM 2T 2012, levando com isso o troféu Scooter City para exposição permanente em sua Sede local, o Jukebox Bar.


E assim encerramos mais um ciclo. Parabéns a todos os scooteristas clássicos que estão com tudo nas atividades, é assim que se faz uma cena. Muito obrigado a todas as marcas, comércios e prestadores de serviços que investiram e/ou apoiaram o segundo semestre do nosso Ano 2: Free Willy Moto Peças, M.Brasil Multimarcas, Daré Lambrettas, Scooterboys, Revista Moto Esporte, 2 Tempos Transportes Rápidos, Rona Consultoria Contábil, Vespaparazzi, e Caos Loja/Bar. Agora voltemos para a pista pois a terceira temporada já está lançada desde o 21 de abril de 2012. E como disse o China dias atrás: "agora o crime está organizado".

Marcio Fidelis

7 comentários:

Scooteria Paulista disse...

FOTOS:

1,20 = ROSEMEIRE MOREIRA.
2 = FLAVIO BARBIE.
3,4,5,9,11,13,15,19,22,24 = WALTER VESPAPARAZZI.
7 = MÃE DO FABIO MUCH.
8 = ÉRICA.
10 = GISELE LEIVA.
12,16,18,21 = MARCIO FIDELIS.
23 = ANIMAL TAYLOR.

6,17,25 = AUTOR NÃO IDENTIFICADO (identifiquem-se amiguinhos)

Anônimo disse...

Fidelis preciso entender melhor os pontos, tem alguns critérios aí que não estão claros. digo isso porque logo logo eu estarei com voces, eu e a Lammy 150... me aguardem SP

PJ Lammy

Anônimo disse...

Isso sim que é organização!
Parabéns á todos os amigos e tenho certeza que até 2013 a coisa ficará melhor ainda!

Abraço á todos os Scooteristas!
Wolney K.

Gustavo disse...

Muito boooooooooooooooooooom!

Anônimo disse...

Boa tarde amigos, sinto por ter perdido esse evento. Minha Vespa PX200 não ficou pronta a tempo para participar do encontro em são josé. ela está aqui comigo agora, em taubaté. assim que me sobrar um tempinho vou ligar para o telefone do qual o fidelis me indicou da scooteria paulista em são josé. gostaria de um dia fortalecer a mesma aqui em taubaté. um abraço pra esse grupo fantástico.

Toninho (Taubatexas)

Anônimo disse...

Deviam ter feito um documentário sobre esta aventura e comemoração!

DC

Fernando Fuscazul72 disse...

muito legal a turma de vcs, queria ter algo assim aqui na minha região... um grande abraço e continuem com o grande trabalho!