Últimas Imagens

quinta-feira, 14 de junho de 2012

O Rio de Piracicaba Vai Jogar Água Pra Fora

Essa foto é da primeira metade dos anos 60, se passou em Piracicaba e nos foi autorizada pelo radialista e jornalista João Nassif, um entusiasta das memórias da bela cidadela e que mantém no ar um blog bem legal, o Blog do Nassif. Na foto estão uma Lambretta LI e os filhos do Lemão, que em entrevista ao jornalista conta:


Nassif - Há uma característica muito marcante e simpática que era o meio de transporte utilizado pelo senhor durante um período...

A Lambretta foi o primeiro carro da família, adquiri-a em Americana, no Nardini, ela era cor creme, ano 1962. Nunca tive um impacto ou emoção tão grande com nenhum outro veiculo que adquiri mais tarde. Eu nunca tinha andado de motocicleta, o primeiro passeio foi certamente em volta do quarteirão.

Nassif - Qual foi a reação da sua esposa?

Ficou assustada com as prestações. Para pegar um dinheirinho a mais e pelo fato de ter a Lambretta ,fui cobrador da Casa Periañes. No dia em que o Comurba caiu, eu estava seguindo para o centro e pelo trajeto regular deveria passar ao lado do prédio. Parei para abastecer em um posto de gasolina quando ocorreu a queda. Dirigi-me até lá e vi a nuvem de poeira que ainda pairava no ar, assim como o desespero de quem estava acorrendo ao local. 

Nassif - Quantas pessoas da família eram transportadas pela Lambretta?

Eu pilotando, a Marisa sentada no pneu atrás, meu filho Amadeu em pé, e o Jonas entre eu e minha esposa, totalizando cinco pessoas! Jonas, Marisa, Amadeu filhos que com Cidinha e Lemão circulavam nessa possante Lambretta.

E conta Nassif: "Presenciei por muitas vezes Lemão e Cidinha fazendo o trajeto cotidiano juntamente com os filhos Jonas, Marisa, Amadeu A Marisa, hoje catedrática da USP ia em pé no estribo, Lemão pilotando, o filho menor entre o pai e a mãe, Dona Cidinha que ia no banco de tráz e outro filho ia sentado sobre o pneu. Iam em 5 pessoas, sem capacete, já que na época nem se falava nisso."

E NESSE DOMINGO DE 17 DE JUNHO O RIO DE PIRACICABA VAI JOGAR ÁGUA PRA FORA COM O ENCONTRO E PASSEIO DE MOTONETAS NA CIDADE. SAÍDAS DE CAMPINAS, LIMEIRA, AMERICANA, SÃO ROQUE, RIO CLARO E SÃO PAULO/TABOÃO/ABC CONFIRMADAS...

6 comentários:

Anônimo disse...

bom passeio para todos!! curtam a viagem amigos!!

PJ Lammy

Anônimo disse...

Definitivamente, este blog merece ser um livro!

Silvestre Maia disse...

Eu disse isso pra eles há dois anos atrás no blog ,quando eles foram pra curitiba e escreveram a história da viagem. Esse grupo é uma reunião de talentos. não tenho motoneta (e provavelmente não terei pois não sei andar nem de bicicleta), mas tenho alguns veículos antigos e pesquisando sobre isso descobri a scooteria paulista na época fazendo uma viagem surpreendente, e passei a acompanhá-los semanalmente. E repito: vocês têm gabarito para escreverem um livro "capa dura". Contem com minha colaboração se precisarem.

Silvestre Maia - São Paulo.
silvestrew@solosolucoes.br

Scooteria Paulista disse...

Obrigado Silvestre, e também ao sujeito oculto que se manifestou. Ficamos muito felizes e inspirados com comentários desse tipo, manifestações que dão mais sentido ainda para a nossa dedicação em torno da cultura scooter paulista, nacional e mundial, nessa ordem. Quem sabe num futuro próximo, quando tivermos tempo e inspiração para criar, a gente consiga se organizar para publicarmos um livro diferente... por enquanto vamos praticando a literatura scooter no blog, e o scooterismo nas ruas e rodovias. Muito obrigado amigos!!!

Fidelis

Anônimo disse...

esse movimento tende a crescer cada vez mais,com certeza muitas motonetas
participarao do passeio ja que a previsao é de sol o dia todo .

bom passeio a todos,CARLOS GUERREIRO SÃO JOSE DOS CAMPOS

Anônimo disse...

Legal a história da emoção da primeira Lambretta e de como ela era veículo da família!!!!