Últimas Imagens

sábado, 3 de dezembro de 2011

IN VESPA FIDELIS rumo ao DIA DEL SCOOTER CLASICO

"Todo equipado, preparado na linha de partida, 
daqui a pouco vai ser dada a saída..."


START! Depois de receber em São Paulo a visita do Lucho Testa na metade de outubro trazendo para mim alguns souvenirs da cultura scooter argentina, de fato não mais dormi direito. O pesadelo piorava com os diversos convites do Joaquin da Fonseca para visitá-los em Buenos Aires. Ambos são da diretoria da RVA (Red de Vespistas Argentinos). A RVA organiza, dentre outros eventos, o DIA DEL SCOOTER CLASICO, tido atualmente como o maior encontro de motonetas da América do Sul. Eles têm pela Scooteria Paulista um apreço especial, nascido quando o italiano Ilario Lavarra e o canadense Sean Jordan passaram (respectivamente por São José dos Campos e por São Paulo) e levaram até os hermanos as melhores impressões da Rede do Scooterista Clássico do Estado de São Paulo, a nossa.
www.casadasvespas.com.br
Relutei por semanas a fio pois a minha Vespa Originale 150 (PX150) já manifestava os diversos probleminhas acumulados dos últimos três anos de alto giro. E pior, eu não tinha um tostão furado no bolso. Alguns amigos cogitaram realizar essa viagem, mas questões como trabalho, grana e documentação impediram-os de seguir adiante com o projeto. Então no início de novembro dei o start e fui pra cima. Conversei com a Rose e com o Reginaldo da importância de um patrocínio mecânico para a minha viagem, e eles, apesar da sobrecarga de trabalhos na oficina toparam e a Free Willy Moto Peças entrou em peso na jogada. Na metade do mês a minha Vespa foi revisada pelo Reginaldo, que num intenso final de semana de trabalho acertou a mão no motorino e repôs diversos itens gastos e malacabados. Segue abaixo o vídeo da primeira partida da minha Vespa depois de pronta, e não é montagem...rs. Com a palavra Reginaldo: "bom Marcio, agora vai ser a primeira ligada, vamos ver se ela pega, senão não vai dar pra chegar no Raduno e nem... (na Argentina)... Eeeeeita nóóóis!!! É nóis mano!!!... rsrsrsr


A segunda etapa do projeto In Vespa Fidelis era a grana. Preparei a arte gráfica e confeccionei 1000 unidades em formato cartão-postal, que está e estará a venda por 10 reais (cada 3 unidades). Vendi diversos deles pelas minhas mãos, e alguns pela internet - que serão enviados por correio assim que eu voltar da Argentina.

www.motoesporte.com.br
Então em meio à essa loucura diária eis que me liga a  irmã Catherine, da Revista Moto Esporte, dispostos a colaborar com minha viagem. (Grato ao Emerson Mestrinelli pela indicação). Trato feito! O primeiro patrocinador financeiro e cultural dessa viagem. Sua logomarca estará em destaque em meu uniforme de pista, e todos os dias - ou sempre que eu puder - atualizarei a minha coluna "De Vespa" na revista online. Acessem, cadastrem-se no site, e receba todos os dias as infos sobre a tour In Vespa Fidelis e outros tópicos mais: www.motoesporte.com.br . 

www.darelambrettas.com.br
O segundo patrocinador veio a calhar como ninguém: Daré Lambrettas. Apesar da Vespa ser a minha preferência como scooterista contemporâneo, a Lambretta é a minha preferência quando o assunto é o passado. E fazendo justiça à elas tratei do assunto com o veterano sr. Edgar Daré, meu quase-vizinho no bairro da Mooca. E foi uma oportunidade e tanto para conhecer o seu acervo de Lambrettas e Vespas, de souvenirs e fotografias de época, de objetos e literatura de sua coleção. Naquela tarde os papéis se inverteram. O sujeito do qual eu reservava uma admiração especial me disse e reforçou: "Fidelis, é uma honra para mim poder ajudar você nessa viagem para o encontro da Argentina, ninguém como você, que é um sujeito bom e apessoado, para representar a gente na Argentina...". Portanto muito gratificado criei a logomarca do Daré Lambrettas, que vai para o uniforme também.

www.mbrasil.com.br
E finalmente durante o II Raduno da Primavera fechamos o terceiro patrocínio do uniforme. Esse veio do Marcio Fernandes, o scooterista da PX200 vermelha, torcedor da Lusa, e pró-ativo do grupo Scooteria Paulista. Naquela tarde o meu xará queria me ajudar com um caixa maior, eu disse a ele então que tal quantia do dinheiro oferecido beirava o valor de um patrocínio oficial, e que aí no caso, eu faria questão e jus em levar a sua marca junto comigo, a M.Brasil, uma rede de lojas de estilo e moda, que reúne diversas marcas renomadas do mercado. Fechado!! Os patches estão prontos e o uniforme está sendo finalizado agora, sábado 17h30.


Além dos quatro patrocinadores oficiais, recebi o apoio em espécie de diversos amigos da Scooteria Paulista - em real em dólar, em materiais para uso na viagem, em óleo 2Tempos,  etc. O apoio veio até mesmo de outros entusiastas que ainda nem sequer conheci pessoalmente. Também da oficina Scooterboys, que há dois meses havia fechado as portas, reabriu para consertar de forma relâmpago e eficiente o rombo na saia da minha Vespa que o motorista de uma Van Escolar fez durante essa semana no bairro do Morumbi. (De longe vi minha Vespa sendo arrastada por um metro debaixo do veículo. Parece gozação mas isso aconteceu na quinta-feira, 01 de dezembro). Gratificado sairei daqui com as melhores lembranças daqueles que fizeram um algo a mais para que essa minha viagem seja bem-sucedida. E mais louco é quem apóia louco. Isso é um fenômeno, é uma nova consciência coletiva que se manifestou porque as pessoas se identificam e reconhecem a Scooteria como a mensageira do scooterismo do Estado de São Paulo. As crews e clubes, os obreiros da classe (mecânicos, funileiros, revendedores, restauradores, personalizadores), os veteranos que ainda andam e/ou contam histórias, os calouros que encontraram um sentido a mais na vida depois que descobriram o scooterismo pitoresco à moda antiga. Enfim, toda a sorte de entusiastas afim de andar e para frente. Um por todos e todos por um, cada qual em seu tempo e contexto! Posso dizer agora que tenho em mãos o valor suficiente para ir e voltar de lá. Claro que toda a sorte de imprevistos podem surgir pelo caminho, porém eu vou com Deus, e com todas as boas vibrações da classe; e no caminho estarei amparado pelos scooteristas do sul brasileiro, que assim que souberam da minha viagem, manifestaram apoio.

Itinerário previsto para a ida:
São José dos Campos (SP) / São Paulo (SP) - Curitiba (PR) - Lajes (SC) - Santa Maria (RS) - Bompland (AR) - Buenos Aires (AR)...

Devo chegar em cada uma dessas cidades nos finais de tarde ou começo das noites. Farei a média de 450 kms por dia, num total de 5000 kms a serem rodados em 18 dias sobre duas rodas de aro 10 e um motor 2 Tempos de 150 cilindradas, da mais resistente scooter da história: a Vespa PX.

Quem quiser me contactar a partir de hoje, até o dia 22 de dezembro (minha chegada em São Paulo) deve tentar me ligar no meu TIM (011) 5497-8344. Ou escrever-me no email: scooteriapaulista@gmail.com

Ao chegar na Argentina me encontrarei com nossos amigos Fabio Much e Caetano Sevilla, scooteristas paulistanos que seguirão de avião durante a semana para participarem também do Dia Del Scooter Clasico #3. A RVA reservou uma Vespa PX150 especialmente para os integrantes da Scooteria Paulista, e os dois amigos foram os primeiros a se manifestarem quando souberam dessa notícia dada no Facebook e no Twitter no final de outubro por mim. Uma festança e tanto celebrada em português em meio aos castelhanos. E aviso: a primeira coisa que você deve dizer a um membro da RVA é: "boludo"; lá isso é um sinal de respeito...rs

E seguindo a sugestão dos amigos, para aqueles que ainda estão dispostos a apoiar com qualquer valor minha viagem, segue os dados de minha conta bancária. (PS: Me informe pelo email o valor e o horário do depósito, e um endereço para correspondência, para que eu envie meu cartão-postal assim que retornar dessa trip. Toda forma de apoio poderá ser de importância crucial em caso de imprevistos acontecerem). 

CAIXA ECONÔMICA FEDERAL
Marcio Fidelis Costa 
(CPF 300.209.588-54)
Ag. 0394
Operação 013
C/Poupança 00341381-6
*
*
BANCO SANTANDER
Marcio Fidelis Costa 
(CPF 300.209.588-54)
Banco 033
Ag.3733
C/Corrente 01090427-7

UM ABRAÇO A TODOS OS SCOOTERISTAS E LEITORES.

ACOMPANHEM AS ATUALIZAÇÕES DIÁRIAS SOBRE A SAGA "IN VESPA FIDELIS" E SOBRE O "DIA DEL SCOOTER CLASICO" NESSE BLOG, NO NOSSO TWITTER (@scooteriaSP) E NA MINHA COLUNA NO SITE MOTO ESPORTE

2 comentários:

Scooteria Paulista disse...

Vídeo de Rosemeire Moreira.

D. disse...

Avanti, scooterista solitário!!!!! Toda sorte e diversão do mundo para vc!!!