Últimas Imagens

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Troféu SP EM 2T

Fechando o assunto do SP EM 2T, segue então as fotos e algumas palavras sobre os premiados das quatro categorias do scooterismo paulista. E quatro dos pilares desse estilo de vida permanente devem ser destacados com respeito: quilometragem, longevidade, história e manutenção. Na eleição dos homenageados desse Ano 1 da Scooteria contamos primeiramente os encontros e passeios organizados e co-organizados pela Scooteria Paulista, e em segundo lugar os encontros dos quais apoiamos, tendo sido esses, divulgados por nós no blog ou por email pra você. Caso você ainda não receba nossos emails informativos, indique sua direção para o scooteriapaulista@gmail.com 

TROFÉU SP EM 2T - Alta Quilometragem
LOWERCY AIRES

Esse é o Lowercy e sua esposa Alda. Ambos estiveram presentes em quase todos os chamados da Scooteria. Vindo de Cotia com essa PX200, eles viajaram conosco para o Curitiba em Vespa 2010, pro I Raduno da Primavera 2010 e pra Despedida 2010 em Jundiaí. E finalmente, em 2011, participaram de seis das sete horas de giro no III São Anivespaulo, finalizando o ciclo nesse SP EM 2T. Sua quilometragem em eventos beirou os 1800 kms em 1 ano de SP.



TROFÉU SP EM 2T - Del Vecchio
ARTUR GILDO

Esse é o Sr.Artur, um sujeito feito de fibra e aço, que no auge dos seus 77 anos de idade realizou feitos memoráveis (e possivelmente insuperáveis) com sua PX200 e sua Lambretta LI. Pelo fato de estar presente com sua Vespa desde o primeiro dia, ele foi o co-fundador da Scooteria. Viajamos pela primeira vez juntos no Encontro de Carros Antigos e Lambrettas de Jaguariúna em julho de 2010. Depois pegamos o mesmo comboio para o Encontro de Lambrettas e Vespas de Jundiaí. Finalmente fizemos a frente paulista no Curitiba em Vespa 2010, e finalizamos o ciclo de viagens no I Raduno da Primavera 2010. No fim do ano esteve conosco na Retrospectiva 2010, na Vila Romana, e iniciou o ano conosco novamente no Circuito das Motonetas de Interlagos. Seu Artur é um legítimo herói, e ao erguer o troféu disse a frase que valeu toda festa: "essa foi a melhor homenagem que já recebi na vida". Ele começou a andar de Vespa em 1958 e nunca mais parou. Parabéns ao scooterista paulista veterano dos veteranos.

TROFÉU SP EM 2T - Old Scooter
EDUARDO TIBURTINO

No dia 21 de Novembro de 2010 o nosso amigo Edu tomou a iniciativa de rodar com a motoneta mais antiga já vista num giro rodoviário da Scooteria. Foi no I Raduno da Primavera, nossa viagem de São Paulo a baixada santista. O critério aqui foi a idade da motoneta versus a quilometragem somada no ano de atividades. Nesse caso dele teve o Raduno da Primavera, o Circuito das Motonetas de Interlagos e o SP EM 2T. A gloriosa M3 data de 1960.

TROFÉU SP EM 2T - S.O.S. (Saving Our Scooters)
REGINALDO SILVA

Reginaldo é um amante do scooterismo desde outras datas, e de fato sempre estimulou a continuidade dos passeios de domingo - outrora organizados pelo seu falecido sogro, o Amador. Independente do status de mecânico conhecido, o nosso amigo sempre se mostrou parceiro e ativo nos giros. O troféu no caso foi-lhe concedido devido ao fato de ter sido tão prestativo sempre que fora requisitado em eventos. Isso aconteceu no I Raduno da Primavera, na Despedida 2010 em Jundiaí, no Circuito das Motonetas de Interlagos e sobretudo no III São Anivespaulo, quando uma série de motonetas apresentaram problemas durante o giro dos 70 kms dentro da metrópole. Por ter sido de longe o mecânico que mais dispôs seu conhecimento em prol do scooterismo local, prestamos aqui a nossa reciprocidade em forma de homenagem.


TROFÉU SP EM 2T ANO 1

Obrigado a todos que estiveram conosco nesse primeiro ano de atividades da SP. Gostaria de ter homenageado a outras pessoas mais, aqueles que vivenciaram os desafios mais intensos, quem se empenhou na produção de mídia, as garotas que honraram a motivação de Corradino D'ascanio em criar uma motoneta unissex, a personalização/customização mais criativa, idéias originais etc. Critérios não faltaram, exemplos pessoais menos ainda. E que esses exemplos continuem motivados por si próprios, pela atitude de sermos pilotos clássicos do cotidiano, e termos os nossos passeios como ponto comum de um estilo de vida exclusivo.

3 comentários:

Anônimo disse...

Fotos dos troféus por Henrique Piceli. As outras são do acervo da Scooteria.

Leo_Dueñas disse...

Como manifestei anteriormente, queria muito mesmo estar presente, mas nem só da própria vontade dependia a minha presença. Felicito os premiados pelo provado espírito scooterista e a S.P. pela iniciativa de reconhecimento.

Abraço,
Leo
http://motonetaseafins.blogspot.com/

Anônimo disse...

É nóis sempre! ;)

Obrigado pela homenagem, e contem sempre comigo!

Abraço,

Reginaldo.