Últimas Imagens

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Estrada Parque Old Scooter - O Passeio

No último domingo do dia 20 de fevereiro aconteceu mais um encontro de estradas de SP. Organizado pelo Celsinho e Maurício, ambos da cidade de Salto, e com o apoio direto do Clube da Lambretta de Jundaí e da Free Willy Moto Peças, o encontro contou com cerca de 35 motonetas clássicas, mais algumas motocicletas e scooters pós-modernas. 


Saímos do Largo do Arouche às 8h40 em 12 motonetas e outras acompanhantes já preparadas para a frenética Rodovia Castelo Branco. Dessa vez tivemos um apoio com carroceria, o Carreto do Fernando, uma iniciativa sempre bem-vinda. Depois de Barueri, adentramos o caminho das tradições católicas do nosso Estado, a Estrada dos Romeiros. Essa estrada é bastante sinuosa e seu visual é pra lá de agradável. Chegando em Santana de Paranaíba já era latente o cheiro do mato e da terra úmida, um dado mais perceptível em estradas estreitas e de baixo tráfego de automóveis e caminhões. Na foto acima o momento em que invadimos a belíssima Praça dos Bandeirantes, em Santana de Parnaíba. No momento seguinte seríamos advertidos pela Guarda Civil e postos para correr dali. Tudo ok, foi só um susto, do contrário eu me sentiria eternamente culpado pois fui o primeiro a embicar a Vespa na praça.


E continuamos a nossa viagem pela Estrada dos Romeiros embaixo de um sol latente de verão. Passava das 10h30 quando chegamos no local combinado pelas partes, na Igreja do Bom Jesus de Pirapora, em Pirapora do Bom Jesus, aonde o pessoal do Clube da Vespa de São Roque nos aguardava. Por ali ficaríamos por cerca de 40 minutos, até que o comboio geral se aglomerasse.



Então partimos para a Fazenda do Chocolate, localizada na zona rural de Itú. O comboio foi puxado por um jipe e pela "Super 200cc" do Celsinho, beirando o espumoso Rio Tietê. Em Cabreúva fizemos uma parada de 20 minutos até que o pessoal maquinado nas Lambrettas e Vespas de época nos alcançasse. No velocímetro eu contava uma média de estrada de 40km/h a 50km/h, o que supõe que eles teriam tido problemas ou espontaneamente decidiram descansar, ou que optaram por uma média de velocidade abaixo dos 30km/h. Por isso a decisão geral foi de esperar pelas veteranas esfumaçantes e seus proprietários. Nesse tempo alguns vespistas e motociclistas sairam à procura do pessoal. Sinceramente eu não sei o que se passou pois continuamos a viagem sem eles. Todavia mais tarde os encontrei rapidamente na Fazenda do Chocolate com suas máquinas. Tudo ok.


Essa foi uma viagem diferente para mim. Em geral eu viajo toda semana, quase sempre sozinho. E quando não, são os eventos que me levam às estradas, momentos esses de participação direta na organização dos comboios. Esse em especial pude apreciar o passeio sem preocupações maiores. E vivido isso posso dizer que os organizadores estão de parabéns. A diversão foi garantida e espero no ano que vem repetir a dose. Na Fazenda finalmente conheci o vespista Ronaldo Topete, acompanhado de sua esposa. Outro tipo que nos faz sentir bem acompanhado foi o Reginaldo de Guarulhos, que passou a tarde conosco curtindo o country outlaw do Hellgrass. O conjunto local apresentou com propriedade diversos clássicos do estilo, uma vertente da música americana de raíz. Dentre eles os reconhecidos Johnny Cash e Willie Nelson. O tempo fechava e depois de várias cervejas o China e eu nos apressamos para a volta. Nisso o Reginaldo, a Rose e amigos se preparavam para o mesmo. Passava das 16h30 quando partimos sem muitas despedidas. Devido aos boatos de congestionamento na Castelo Branco optamos pela sugestão do próprio Reginaldo de subir até Jundiaí e descer pela Rodovia dos Bandeirantes. Voltamos em cerca de 6 motonetas, uma moto e essa merda de scooter amarela que está na foto abaixo kkkkkk. Nesse momento esperávamos pelo pessoal que havia ficado no pedágio da Rodovia Dom Gabriel Paulino Bueno Couto durante a forte chuva. Foi uma das piores chuvas que já enfrentei na estrada, e o granizo doía de estalar o chicote. Mas tudo ok, No Pain No Gain. Nos encontramos todos novamente no primeiro posto BR da Bandeirantes, e dali seguimos viagem recortando o intenso e lento tráfego da estrada. Passava das 19h e o céu já havia apagado sua lâmpada quando entramos na Marginal Tietê. Ali não tivemos tempo para despedidas, cada qual tomou o seu caminho direto pro chuveiro. China e eu, esgotados e gratificados por mais um desafio rodoviário, terminamos a noite com uma Paulistânia gelada com pizza. Se valeu a pena? ô.

10 comentários:

Scooteria Paulista disse...

Fotos 1 2 3 e 5 de Marcio Fidelis
Foto 4 do pessoal do CV de São Roque.
Fotos 6 e 7 da Free Willy.
Foto 8 do Sena.

Texto: Marcio Fidelis

São Roque Vespa Clube disse...

Marcio

Parabens pela organização, pode contar sempre com o Clube da Vespa de São Roque, Gostamos muito do Passeio, que alem da bela paisagem ainda fizemos novos amigos.
Poderiamos amadurecer a ideia de realizar um encontro aqui em São Roque, pois temos algumas estradas e paisagens bacanas para visitar.

Abraço
China SR

Leo_Dueñas disse...

Estava esperando a crônica Fideliana para saber dos detalhes do passeio. Me pareceu ótimo, queria muito morar mais perto para estar presente.

Proporia apenas, para reflexão geral, duas questões a todos os organizadores de eventos para scooters clássicas:

1) Como fazer o pessoal de PX segurar o punho direito e de fato rodar no ritmo das Lambrettas e M3/M4? Caso contrário viram dois passeios separados.

2) Sem causar grande desconforto, como deixar claro que em passeios de SCOOTERS CLÁSSICAS, motocicletas e asiáticas CVT de plástico não são bem vindas, pois cortam totalmente a nossa onda?

Abraço,
Leo

Marcio Fidelis disse...

Obrigado China, e Leo. Faço minhas as suas perguntas tb, sem querer causar grande desconforto tb hehehe.

Anônimo disse...

Fidelis, tambem foi um enorme prazer conhecê-lo pessoalmente e poder fazer parte desse passeio.
Segui aqui de Jundiai com o pessoal..., tinhamos no grupo 2 vespas m3/4 , 2 lambrettas std e LD...lambretão e Px... foi DE MAIS!!!
Abraços, Ronaldo Topete

Gustavo disse...

Muito bom!

Luciano disse...

Esta infelismente perdi...tinha acabado de chegar do RJ mas na proxima estarei junto a Familia...

Abros Pure

Leão ferido mas vivo disse...

Aonde são marcados os encontros com scooter ?

cesar disse...

opa amigos

cesar disse...

me add no msn pra se fala menhor amigos vespeiros
cesar_bacco@hotmail.com