Últimas Imagens

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Destino Curitiba #2

Então depois de algum tempo eis que surge o nosso amigo Uitamar, derrapando na minha frente - quase me acertando as pernas. (Que susto!!)


Pela frente alguns buracos, tempo seco, sol e areia na pista. A viagem estava ótima a 90km/h pela Rodovia Nestor Fogaça. Depois de São Miguel Arcanjo fizemos a pausa geral. Era 11h30 e estávamos famintos e com o tanque baixo. Uma hora depois encaramos então a segunda melhor rodovia da viagem, a SP-127 (Prof.Francisco da Silva Pontes), um tapete duplicado. O sol do meio dia e trinta assava o Pirelli. Por sorte eu havia levado o protetor solar. Sorte maior seria ter encontrado uma cachoeira a beira-pista.


Esticamos o cabo e subimos a média. Foi quando saquei a máquina novamente para fazer fotos do grupo em movimento. Nisso perdi velocidade e um pouco de contato. Então exigi mais da minha 150cc para alcançá-los. Foi quando num movimento brusco a minha traseira puxou pra direita e a Vespa trepidou como como a um cavalo selvagem. Pisei no freio contando os segundos pra poder baixar de marcha, quando aí ouvi a roda bater no chão. A câmera de ar havia estourado em alto giro. Todos já estavam 500 metros à minha frente e não me viram encostar. Troquei o pneumático em 15 minutos, mas o pior foi desmontar todo o kit de viagem e as amarras das bagagens justo ali aonde se podia fritar um ovo. Estávamos a cerca de 25kms de Capão Bonito.

4 comentários:

Scooteria Paulista disse...

Fotos 1 2 3 e 5 por Marcio Fidelis
Foto 4 por Emerson Mestrinelli

Leo_Dueñas disse...

Essa de furar o pneu a 90 km/h é pra ter muuuuuuita calma na hora...

O único pneu furado comigo até hoje foi na Bajaj, que se manifestou num rebolado a 20 km/h - super ligh, a poucas quadras de casa. Fui inclusive rodando, pois o pneu indiano original dela é tão duro que leva a scooter com o caboclo em cima quase que civilizadamente.

Fico no aguardo dos próximos capítulos, estou querendo saber melhor a parte da solda. Afinal, foram 15 horas e meia de emoções fortes!

Abraço,
Leo

Leo_Dueñas disse...

Aliás, depois sugeriria um post com dicas de como se faz pra pintar assim bonitinho o "Pirelli" e o "SC 30" em branco (qual tinta pega bem, como se faz pra não borrar etc). Um luxo só.

Abraço,
Leo

Ariane disse...

Muito dahora o seu blog, adorei o passeio da Serra da Graciosa, realmente é lindíssima a paisagem.
Vespeiro é? Tem um amigo, o Henrique, que tem uma branca, fica sempre na Augusta.