Últimas Imagens

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

VERSATILIDADE E ECONOMIA (1978)

Faz um tempo que o Bach "Marcão" Feliciano vem dispensando bastante atenção à memória das motonetas clássicas no Brasil, e a gente vai tentar replicar aqui no decorrer dos meses um pouco do seu apanhado divulgado nas redes sociais. Obrigado Bach!


Ciclomotor CIAO 50cc
Monomarcha – 80 Km por litro – equipado com velocímetro e retrovisor

Motoneta Vespa Super 150cc
4 marchas – 45 Km por litro de gasolina comum – estepe
Produzidos em Manaus por B. Forte Ind. Com. Ltda.
Distribuição para todo o Brasil ITALVESPA Distribuidora de Veículos e Peças Ltda.

Anúncio publicado na Revista Duas Rodas Motociclismo – Maio 1978

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

DOSE BRUTAL + HATED KIDS NA SP

Nesse sábado a chuvosa Mooca recebeu uma das mais importantes bandas do punk rock brasileiro, o Dose Brutal. E foi uma noite para toda a história. Segue o registro abaixo de praxe.


As 16h a casa abriu, com os primeiros visitantes já na ansiedade por essa volta do Dose, 28 anos depois do último show. A banda surgiu em 1981, e os músicos desse momento se reencontraram em nossa casa, como mostra na foto acima, com o Maozão, o primeiro vocal, que gravou o tema ao vivo "Faces da Morte" no Sesc Pompéia em 1983, do disco "O Começo do Fim do Mundo", primeiro material fonográfico do punk brasileiro. Na guitarra o Pi, fundador da banda, no baixo Samuka, e na bateria Silvinho, ponteavam esse retorno, com os Bebers Operário Rafael Piera "Itatiba" na guitarra base, e com o Anderson "Ratinho" nos vocais. Que noite! Mesmo com chuva e possibilidades de conflitos ideológicos e tretas antigas revividas entre gangues de rua, fizemos o evento na raça, assumimos "toda essa culpa", e vingou, deu mais do que certo! Na cozinha Debbie Cassano e a Leika Morishita preparava os cachorro-quentes de praça, e a Yumi Yumi Goodies trazia as sobremesas. Na sala menor rolava os stands da Red Tape Shirts e da The Firm Records, com camisetas, bottons, acessórios e ingressos para a gig do dia 11/11 na Vila Mariana. Na portaria o segurança fazia a revista, com nossa equipe se revezando na recepção dos amigos e visitantes, entre Fidelis, Diogo Vinícius e Vitor Hugo. No caixa Corazzin e no bar Pastorelli e Sonnesso deram uma puta mão. Caco Parise fazia as fotos, enquanto Koré e China se revezavam na discotecagem junto com o André Fernandes. Diego Pontes, Stofaleti, Kadu e Alemão chegaram para dar um mão na reta final da noite, quando o nosso técnico de som Renato Delia precisava partir. As 19h50 o quarteto Hated Kids mandou seu punk rock brutão, esquentando a noite. E na sequência o Dose Brutal incendiou a sobreloja, tocando onze sons e alguns repetecos. Veja abaixo as fotos e os vídeos dos dois shows.







Foi uma baita noite, que ficará em nossa memória para sempre. Muito obrigado às bandas, DJ's, aos divulgadores, e ao Dose Brutal Moto Grupo pelo apoio. É mais ou menos assim que se faz as coisas.

Fotos por Caco Parise

terça-feira, 3 de outubro de 2017

DOSE BRUTAL + HATED KIDS NA SP

No próximo sábado de 07 de outubro a SP abre as portas para mais uma reunião histórica. Vem aí o Dose Brutal, diretamente das origens do punk rock brasileiro, e junto deles o Hated Kids, os DJ's mais zica, a boa música, as motonetas e motocicletas, os rangos de primeira e a boa-companhia. 


A banda DOSE BRUTAL surgiu em 1981 e tão logo participou do primeiro registro fonográfico do punk nacional: O Começo do Fim do Mundo. Mais tarde lançou o primeiro disco homônimo, e o EP célebre chamado "Vadia". A banda acabou no começo dos anos 90, dando origem ao Moto Grupo Dose Brutal, levando o lifestyle para as estradas. A abertura fica a cargo do HATED KIDS, punk rock linha clássica com pratas da casa.

DOSE BRUTAL no Boca Livre (feat. Kid Vinil), em 1989: https://youtu.be/Tb2w4Jd2MQw
HATED KIDS na Verdurada ABC, em 2017: https://youtu.be/sEbwCkQ46is

DJ's Koré, China e André Fernandes - Tocam punk rock, ska e Oi!

Cozinha: A SP prepara cachorros quentes de praça e a Yumi Yumi Goodies traz suas sobremesas deliciosas. Stand de camisetas, cds e afins da Red Type Shirts e da Firm Records.

Início às 16h, até 23h.
Entrada 15,00 na porta (ou 10,00 com nome na lista): scooteriapaulista@gmail.com

*Evento aberto a todos os públicos acima de 18 anos e veículos em geral. Respeite a nossa casa e os nossos visitantes, e serás sempre bem-vindo.

Apoio: Moto Grupo Dose Brutal

Arte por Leonardo Russo

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

MODULARES NA SP

O sábado de 16 de setembro a SP abriu as portas para mais uma grande celebração. A matinê dois-tempista recebeu o quarteto Mod paulistano Modulares, DJ's de calibre e uma gastronomia ímpar. Vamos aos fatos.


A casa abriu as 16h30 com Kadu T comandando as pick-ups com seu acervo de discos de Latin Soul, Funk 70's e afins. Da cozinha a Família Mendes servia mandioquinhas cremosas fritas e um belo empadão de palmito, enquanto a Yumi Yumi Goodies trazia seus brownies, pães de mel, bolachinhas, e afins. Aos poucos a casa enchia, motonetas chegavam, o som aumentava. Por volta das 18h30 a dupla da Z/L Gregor Izidro "Mongobeat" e Felipe "Lipa" duelaram discos e compactos raros do rock obscuro nacional dos anos 60 e 70, trazendo referências inéditas à casa até então. As 20h30 então os Modulares "sobem" ao palco para um show tremendo, suando as camisas, levando os visitantes ao delírio em temas como "Satélites", "Conspiração de Círculos e Setas", "Fora de Controle" e inéditas... Após o espetáculo Cintia Sixtie assumiu as pick-ups e embalou a noite com seu acervo de ritmos sessentistas do lado B da Jovem Guarda e dos anos 60 americanos e ingleses... Bem, paramos por aqui! E assim aconteceu mais uma matinê maravilhosa na Mooca, com tudo o que estamos dispostos a desfrutar e a encarar. Muito obrigado a todos os envolvidos!


Fotos por Fidelis

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

MODULARES NA SP

Nesse sábado de 16 de setembro a Scooteria Paulista abrirá as portas da Sede para mais uma festa de arromba, dessa vez com quarteto paulistano Modulares, prata da casa, que faz um Punk-Mod sem igual, pulsante, forte, urgente e elegante. A banda comemora dez anos de existência, lançando seu EP "Reino de Absurdos". (Essa é a terceira vez que eles tocam pra gente. A primeira foi em 2012, num Scooterfest na Rua Augusta; o segundo foi no São Anivespaulo dos Arranha-Céus, em 2015). Ouça: https://youtu.be/lGdgfB-65w0


Show: MODULARES (previsto para as 19h30)

DJ's em vinil: MONGOBEAT (Gregor Izidro / Garage-Punk 60's e 80's) + LIPA (obscuridades do rock brasileiro 60's e 70's) + KADU T (Maison Tobias / Soul, Funk e rock antigo) + CINTIA SIXTIE (ritmos dançantes e frenéticos do passado).

Cozinha: Família Rossetto (prato inglês à confirmar) + Yumi Yumi Goodies (pães de mel, brownies e docinhos)

Exposição: Worldvespa - o casal da Grécia que está realizando a volta ao mundo numa Vespa PX200. Expo da moto e venda de fotos. Stands à confirmar.

Entrada: R$10,00

Se você não é ainda chegado de alguém da casa confirme presença no email: scooteriapaulista@gmail.com

Arte por Leonardo Russo

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

I ENCUENTRO NACIONAL DE SCOOTERS - PARAGUAY

Hoje, quarta-feira, o Rafael Assef (SP) e Tatu Albertini (MCC) partem em Vespas para Assunción, capital do Paraguai, para o primeiro encontro nacional de categoria híbrida dois-tempista no país, organizado pela #AsociaciónDeScooteristas , uma entidade recente que se propõe a unir clubes, rodar e celebrar. Parece bem boa a proposta disso! Torcemos para que vingue e inspire seus vizinhos. Desejamos uma ótima viagem aos amigos, que a força esteja com vcs!! Acompanhe notícias também pelo nosso Instagram: @scooteriapaulista